Cultura

31 Ago 2020

Paulino Vieira, o músico genial, completa hoje 64 anos

 
Paulino Vieira, na sua ilha São Nicolau


Músico multi-instrumentista Paulino Vieira, um dos grande nome da música caboverdiana, completa hoje 64 anos de idade. Nasceu na aldeia de Praia Branca, na ilha de São Nicolau, no dia 31 de agosto de 1956. Dois depois do "nascimento", na mesma aldeia, da famosa morna "Sodade".

Paulino Vieira aprendeu tocar o violão com o pai, em São Nicolau. Prosseguiu o seu percurso musical na Escola Salesiana de São Vicente, onde pelos seus dotes recebeu a alcunha de "menino-prodígio".

Nos inícios dos anos 70, fixa em Lisboa, e integra o lendário grupo Voz de Cabo Verde, criado em 1966.

Paulino Vieira foi o instrumentista por detrás dos primeiros discos e concertos de Cesária Évora, que conquistaram o mundo.

Compôs "M’cria Ser Poeta", um dos mais marcantes da música de Cabo Verde.

M’cria Ser Poeta
S`na mundo tem mornas e mornas dedicód
Tónt morna bô te mereçê
S`beleza ta trazê inspiração
Esse bô beleza, ê más cum belo horizonte
Infeitód cum bom pôr do sol
Ô um arco-íris mut bem d`stacód.
Amim djam cria ser poeta
Pám fazê um mar di poesia
Pám cumpará que`ss bô beleza d`natureza
Parsem nem mar, nem lua cheia
Nem sol brilhante, nem noit serena
Ta cumpará q`bô formosura e bô corpo.
Pombinha mansa di odjos meigos sem maldade
Bô corpo formoso mas sem vaidade
T`armá quess bô sorriso inocente
Sorriso doce qui ta espertá alguem ambição
Nem q`for d`box tud humilhação
`m crê comquistá bô coração.

Publicidade


Siga-nos no Instagram em @cvcultural


Publicidade




Publicidade