Lifestyle

29 Out 2020

Ilhas do Fogo e Maio classificadas como Reservas Mundiais da Biosfera

 
 


A UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) aprovou nesta quarta-feira 28 de outubro, as candidaturas das ilhas do Fogo e do Maio à Reservas Mundiais da Biosfera.

Reserva Mundial da Biosfera é um estatuto atribuído pelo Programa Homem e Biosfera da UNESCO a áreas protegidas reconhecidas por terem como objetivo manter o equilíbrio entre a qualidade ambiental e o desenvolvimento sustentado.

O Programa Homem e Biosfera, criado em 1970 e a categoria Reservas Mundiais da Biosfera em 1972. Com a entrada das ilhas do Fogo e do Maio, a lista passa a contar com 703 reservas mundiais da biosfera de 125 países. Sendo 81 em 30 de países africanos. Segundo o site da Unesco https://en.unesco.org/mab.

Cabo Verde preparou o processo o dossier de candidatura durante muitos anos. E a candidatura foi entregue em outubro de 2019.

Quais os benefícios? Reconhecimento do compromisso de Cabo Verde com o Desenvolvimento Sustentável; Maior promoção do país na rede da UNESCO; Oportunidade de desenvolvimento socioeconómico (com turismo sustentável, conservação e uso sustentável de recursos naturais, culturais, históricos e patrimoniais); Oportunidade de concorrer a fundos de financiamentos aos projetos de conservação ambiental.

Publicidade


Siga-nos no Instagram em @cvcultural


Publicidade




Publicidade