Cultura

17 Dez 2020

Celina Pereira morre no mesmo dia que Ceséria Évora

 
 


A cantora Celina Pereira morreu hoje (17), aos 80 anos, em Lisboa - onde residia, vitima de doença prolongada. Cesária Évora, a Diva dos Pés Descalços morreu, também no dia 17 de dezembro, há 9 anos.

A coincidência de datas de duas grandes figuras da cultura caboverdiana. Celina Pereira, ao contrário da Cesária Évora não teve carreira pelos palcos do mundo, centrado praticamente em Portugal e Cabo Verde.

Celina Pereira, nasceu na ilha da Boa Vista, no dia 10 de setembro de 1940, sobrinha de Aristides Pereira, o primeiro Presidente de Cabo Verde. Lançou o primeiro "single", "Bubista, Nha Terra/Oh, Boy!", em 1979. Em 1986 lançou o primeiro disco "Força di Cretcheu" (Força do Meu Amor), seguido de "Estória, Estória... No Arquipélago das Maravilhas" (1990), "Nós Tradição" (1993), "Harpejos e Gorjeios" (1998) e "Estória, Estória? do Tambor a Blimundo" (2004).

Em 2003 foi condecorada com a Medalha de Mérito - Grau Comendadora, em Portugal, pelo então presidente, Jorge Sampaio, pelo trabalho na área da educação e da cultura cabo-verdiana.

Em 2014, foi galardoada com o Prémio Carreira na 4.ª edição dos CVMA - Cabo Verde Music Awards.

Em Abril de 2019, foi homenageada, pela Sociedade Caboverdiana de Música, na 2ª edição da Gala "Noite de Autores SCM", na cidade da Praia.

Publicidade








Publicidade